7 dicas sobre vinho para você fazer bonito em sua casa

7 dicas sobre vinho para você fazer bonito em sua casa

Diante da infinidade de quitutes, salgados e doces, é preciso pensar na harmonia dos pratos e bebidas para que o sabor de um não anule o outro. São inúmeras as combinações que realçam o paladar e tornam a ceia ainda mais apetitosa. Ainda vale ressaltar a importância de preservar as características do produto para saboreá-lo em perfeitas condições. Afinal o vinho é um produto sensível e perecível e a falta de cuidados com o armazenamento e o manuseio da bebida podem alterar a sua qualidade, modificar seu aroma, sabor e até mesmo perder o encanto ao ser servido e degustado de forma errada. Para garantir o sucesso da sua festa, anote as 10 dicas de harmonização e preservação da sommelier Carina Cooper, da Vinícola Salton, e prepare uma ceia perfeita.

 

1. TAÇAS.

.: As taças para vinho devem ser preferencialmente de vidro ou cristal transparente. As de vinho branco são geralmente menores que as de vinho tinto, pois devem ser servidos em menor quantidade e ser consumidos mais rapidamente para preservar suas características e temperatura. Já os espumantes devem ser servidos preferencialmente em taças de modelo mais alongado, como flauta ou tulipa, para que se possa analisar o desprendimento das borbulhas (perlage).

 

2. ORDEM DO SERVIÇO.

.: Ordem básica (existem exceções): espumantes, vinhos brancos, vinhos rosados, vinhos tintos, vinhos ou espumantes doces, vinhos fortificados e destilados. Sempre servir os vinhos jovens antes de maduros e deixar os grandes vinhos para o final.

 

3. TEMPERATURA DO VINHO.

.: Os vinhos brancos e os espumantes devem ser servidos gelados, em balde com gelo e água para manter sua temperatura. Os vinhos tintos, dependendo da temperatura exterior, devem ser refrescados antes de serem servidos (15ºC a 18ºC).

 

4. ARMAZENAMENTO.

.: O vinho deve ser estocado e servido em condições adequadas para manter suas qualidades de aroma e sabor. O vinho deve ser armazenado em lugar fresco, ventilado, com pouca luz, isento de sons, vibrações e na posição horizontal, para que o líquido mantenha contato com a rolha de cortiça, evitando seu ressecamento.

 

5. HARMONIZAR.

.: O peso do vinho tem que ser igual ao da comida. Comida pesada pede vinho potente, comida leve pede vinho leve. Sabores, aromas, texturas e cores podem ser similares ou contrastantes. Na dúvida, coloque um espumante Brut com um prato salgado. Os espumantes são peças-chave na harmonização.

 

6. HARMONIZAR 2.  

.: Açúcar atenua a acidez; Acidez atenua a gordura; Suculência atenua o tanino; Açúcar atenua o sal; Amargor acentua o salgado.

 

7. HARMONIZAR 3.

.: Para recepcionar os convidados o ideal é servir um espumante. Para a entrada, se for servido uma salada ou carpaccio a base de peixe, o ideal é degustar com um vinho branco seco. Se o prato principal for um salmão, uma boa escolha é o Salton Virtude. Já para carnes vermelhas com molhos mais elaborados, a sugestão é o Salton Talento. Na sobremesa, brinde com o espumante Salton Moscatel.

 

 

.