Empresas aéreas focam na eficiência para o fim de ano

Empresas aéreas eficiência fim de ano 2014 2015

Com o aumento tradicional de passageiros do transporte aéreo durante o final de ano, a ABEAR anuncia as medidas adotadas por suas associadas – AVIANCA, AZUL, GOL e TAM – para otimizar o embarque e desembarque nos aeroportos do país. A operação especial entra em vigor já na primeira semana de dezembro e se estende até o mês de fevereiro de 2015, período da alta temporada. A expectativa da ABEAR é que a movimentação seja intensa nos dias que antecedem o Natal e Ano Novo.

Para viabilizar o fluxo das operações durante o período, as companhias irão adotar os seguintes procedimentos:

  • Antecipação da manutenção programada das aeronaves;
  • Disponibilização de aviões reserva;
  • Oferta de voos extras, principalmente para cidades de grande conectividade;
  • Programação das escalas de férias e folgas para garantir maior efetivo de tripulantes;
  • Remanejamento das equipes de agentes de aeroportos para terminais de maior demanda;
  • Reforço nas equipes de operação em solo (restituição de bagagens e manutenção) e de call center;
  • Medidas de resiliência e suporte em tempo integral para os serviços de TI, o que permite a realização do check-in mesmo com a ausência de sinal de internet;
  • Monitoramento permanente das condições meteorológicas;

Para o presidente da ABEAR, Eduardo Sanovicz, planejamento é o fator essencial que tem garantido eficiência para o setor aéreo em momentos de alta demanda. “Podemos dizer que, ao longo deste ano, ganhamos mais experiência com a Copa do Mundo. O sucesso do transporte aéreo durante o Mundial é resultado de um trabalho de organização e cooperação com autoridades aeronáuticas”, explica.

Apoio ao passageiro

Além das medidas preventivas, as companhias também reforçaram todos os procedimentos necessários para situações emergenciais. Para isso, firmaram acordos operacionais com empresas congêneres para reacomodação, além de parcerias com restaurantes e hotéis em caso de impossibilidade de embarque, como estabelecem o Código Brasileiro de Aeronáutica e a Resolução 141, da ANAC.

Pontualidade

O índice de pontualidade de voos no Brasil é superior ao das companhias norte-americanas, com 84% realizados com atrasos inferiores a 15 minutos.

Manuseio de bagagens

O índice de manuseio de bagagem no Brasil é um dos mais altos do mundo, superior – inclusive – ao de empresas norte-americanas e europeias. De cada 1 mil bagagens manuseadas, apenas 2,8 são extraviadas.

Recomendações

Para os passageiros que utilizarão o transporte aéreo nas saídas das festas de final do ano, a ABEAR tem orientações simples, mas que são fundamentais para agilizar o embarque:

  • Passageiros de voos nacionais devem chegar com, no mínimo, uma hora de antecedência. Para aqueles que vão para o exterior, o ideal é que estejam no aeroporto três horas antes do embarque;
  • Os terminais de autoatendimento são a melhor opção para realização do check-in;
  • As malas devem estar em boas condições de uso, principalmente os zíperes. Malas danificadas não podem ser despachadas;
  • Para a bagagem de mão, o cliente deve utilizar uma mala pequena e que não ultrapasse o limite de peso de 5 kg. Objetos pontiagudos e líquidos inflamáveis não são permitidos.
  • Para os voos internacionais, não é permitido levar líquidos, géis e pastas em recipientes com mais de 100 ml.
  • Passageiros que viajarão com crianças deverão estar com os documentos de identidade ou certidão de nascimento, para menores de nove anos. Os menores desacompanhados necessitam de uma autorização da família por escrito reconhecida no cartório.
  • Para evitar filas no raio-x, é recomendado que o usuário não utilize objetos metálicos, como relógios, cintos, pulseiras e sapatos com saltos metalizados.
.