Nutricionista Vanderlí Marchiori dá dicas de aliar o prazer de comer ao bem-estar de uma boa digestão

  

Cuide da alimentação nas festas de fim de ano e não deixe a má digestão acabar com os seus programas

É quase impossível resistir às delicias que são feitas nas festas de fim de ano. Afinal, são receitas que normalmente estão presentes no cardápio apenas nesta época do ano. Sendo assim, a tendência é comer mais para saciar a vontade de experimentar tudo e compensar depois. Pensando nisso, Vanderlí Marchiori, nutricionista especialista em fitoterapia, alerta sobre alguns cuidados para evitar este problema.

A falta de cuidado e os frequentes excessos são os grandes vilões de uma boa alimentação. Nas festas de fim de ano esses deslizes são muito comuns e o resultado é a má digestão junto com o desconforto e mal estar. Neste caso, é importante não deixar de lado a hidratação e a prática de atividades físicas, essenciais para o bem-estar e recuperação do organismo.

“Para evitar os desconfortos causados pelos excessos, o ideal é recorrer a soluções com propriedades digestivas. Plantas como o boldo, ótimas para fazer um chá, possuem propriedades benéficas para o fígado; o ruibarbo, que é conhecido por ser digestivo, e a cáscara sagrada, que melhora o fluxo da secreção do pâncreas, são excelentes para este tipo de problema”, afirma Vanderlí. 

 

 

A especialista ainda dá dicas do que pode ser feito para aproveitar melhor esses momentos de confraternização e verdadeiros banquetes:

✓  Antes de sair para encontros com amigos, coma uma fruta com aveia – garante saciedade e não sobra muito espaço para besteiras;

✓  Não beba líquidos junto com comidinhas. Beba dez minutos antes ou pelo menos meia hora depois de comer;

✓  Abusou de carnes e frituras? Uma fatia de abacaxi bem geladinha com raspas de limão e hortelã picados auxiliam muito na digestão;

✓  Troque as opções fritas por assadas: asse o alimento em forno brando para garantir o cozimento interno e aumente a temperatura para poder dourar e deixar o alimento crocante;

✓  Espere pelo menos 15 minutos para atacar a sobremesa. Escolha cuidadosamente o que atende sua preferência e experimente. Os outros doces não preferidos devem ser evitados, pois comer muito açúcar após a refeição gera mal estar imediato;

✓  Compre perus e pernis menores. A tendência das pessoas é comprar peru ou pedaços de porco com 7 quilos e só o fato de ter muito volume já induz as pessoas à consumirem mais e, consequentemente, não digerirem tão bem.