Sindilojas e CDL de Porto Alegre projetam 9% de crescimento nas vendas de Natal em relação a 2011

Sindilojas Porto Alegre e CDL Porto Alegre

Pesquisa realizada pelo Sindilojas Porto Alegre e CDL Porto Alegre 
revela que lojistas da capital gaúcha estão confiantes para as vendas de Natal 2012
e esperam 9% de crescimento em relação a 2011

A data festiva mais aguardada do ano pelos lojistas, o Natal, está com boas expectativas
para este ano. A pesquisa elaborada pelo Sindilojas Porto Alegre em parceria
com a CDL Porto Alegre mostra que os lojistas consultados esperam que haja
crescimento médio de 9% nas vendas na comparação com a data de 2011.

Os lojistas entrevistados acreditam que grande parte do pagamento será feito
com cartões de crédito, e a segunda forma mais utilizada deve ser o dinheiro.
“O Natal é a data mais importante do varejo. Por isso, é fundamental conhecer
a expectativa do comércio e como ele está se preparando para essa época.
Todos os setores da economia acabam impactados pelos resultados do varejo
e entendermos o que está acontecendo é fundamental”, salienta Ronaldo Sielichow,
presidente do Sindilojas Porto Alegre. Cerca de 85% dos lojistas entrevistados
se mostram otimistas com as vendas do Natal neste ano. O levantamento foi realizado
pela empresa Dados & Fatos Pesquisa de Mercado com 204 lojistas de todos
os bairros da Capital gaúcha, entre os dias 8 e 18 de novembro de 2012.

 

Tipos de presentes
Os itens que mais apareceram nas expectativas de vendas dos lojistas
foram blusa (19,6%), vestido (12,7%), rasteira (5,9%), camisa (4,9%)
e perfumes (3,9%). Estes dados demonstram que os presentes de uso pessoal
serão mais valorizados neste ano. O segmento de vestuário é o de grande otimismo
dos empresários, visto que uma nova estação tem início em data próxima ao Natal.

 

Pagamento
Para a maioria dos empresários, 90,2% dos pagamentos deverão ser feitos
com cartão de crédito e 3,9% com dinheiro. Cheque, cartão de débito
e outros meios de pagamento somam 6% das respostas.

 

Ações especiais
50% dos lojistas pretendem promover ações como: descontos, distribuição de brindes,
sorteios e etc. E o consumidor deve ser o maior beneficiando com estas ações,
já que 57,8% pretende oferecer descontos nos produtos.

Temporários
Para oferecer um atendimento adequado e dinâmico aos clientes,
43% dos empresários revelaram que irão contratar temporários para o Natal.
A grande maioria fez a contratação com antecedência de um mês da data festiva,
e 60% destes tem a intenção de efetivar alguns destes funcionários.