Restaurantes sugerem ceias inusitadas

Restaurantes ceias inusitadas celebração fim de ano chefs 2014 2015

Para que uma celebração de fim de ano seja completa, a comida também precisa ser. Por isso, chefs de dois restaurantes opostos, Priscilla Herrera, do Banana Verde, e Vera Damaso, do Zeffiro, mostram dicas de quitutes que combinam com a data.

O restaurante Banana Verde, na Vila Madalena (zona oeste de São Paulo), é responsável por servir pratos vegetarianos, orgânicos e saudáveis, que não se resumem apenas a saladas. Massas, risotos, sanduíches e sobremesas também integram o cardápio. O Zeffiro, por sua vez, situado na Frei Caneca, Consolação (região central), oferece pratos variados que possuem forte influência italiana, incluindo massas, risotos, sobremesas e carnes.

Com sabores que diferem entre si e propostas opostas, as chefs apresentam ceias com ingredientes típicos de suas criações, que incluem entrada, prato principal e sobremesa, com a variedade de cada segmento da culinária que seguem.

Ceia vegetariana da chef Priscilla Herrera do restaurante Banana Verde
Para a ceia das festas de fim de ano, a chef destacou pratos sem lactose, sem glúten e sem açúcar, para um despertar saudável no próximo ano.
Entradas: Carpaccio de pupunha ao molho de cambuci com granola e flores; e Caviar de berinjela e coalhada com dill.
Principal: CogumeloPortobello recheado de nozes com alho poró ao molho de mostarda a L’ancienne.
Acompanhamentos: Cuscuz de painço com brócolis ramoso; Maionese de castanhas de caju com açafrão; Clássica salada de batatas com um creme de castanhas de caju com azeite de açafrão da terra; Farofa de banana da terra com pimenta de cheiro; e Arroz vermelho com cenouras glaceadas e cebolas caramelizadas.
Sobremesas: Bavaroise de chocolate orgânico 60% com cerejas flambadas com licor de laranja; Bavaroise de iogurte com frutas secas flambadas no licor de laranja; e Pavê de cupuaçu com calda de cupulate e praline de castanhas do Pará.

Ceia italiana da chef Vera Damaso do restaurante Zeffiro
Vinda de família italiana, a chef Vera Damaso deu dicas tradicionais da região. Este banquete inclui aperitivo, para os mais apressados beliscarem antes da refeição começar.
Aperitivos: Negroni e batata palha. A batata deve ser fatiada no ralador, seca e frita até ficar bem crocante.
Entrada principal: Porção generosa de queijinhos e frios, como gorgonzola, grana padano, melão com presunto, panceta, frios, copa e salame.
Pratos principais: Cabrito, Coelho ou Peru, que devem ser preparados com três dias de antecedência, marinados e assados no forno a fogo baixo, temperados com ervas finas. Podem ser acompanhados de polenta ou risoto.
Sobremesas: Panettone; Tiramissú; Cantucci, que é biscoito doce e enriquecido com amêndoas; Castagnaccio, uma torta feita de farinha de castanhas; Pastiera, torta à base de ricota e trigo; Bombom de frutas secas, como figo, damasco e tâmara, com chocolate.

Última refeição: Capelete em broto recheado de carne.