Réveillon 2019 em Ilha Comprida no litoral sul paulista

Reveillon Ilha Comprida Reveillon 2019

Ilha Comprida Réveillon 2019

Réveillon no litoral sul paulista – São Paulo Réveillon 2019
.
Com 18 integrantes, coreografias e figurinos variados e um repertório eclético, que apresenta diversos estilos musicais, a banda RG7 fará o show da virada do ano, a partir das 22h, de segunda-feira (31.12.18), na Arena de Eventos da Praia do Boqueirão Norte. A programação do Réveillon 2019 em em Ilha Comprida, também haverá apresentações de DJs. O evento de Ano Novo e aberto ao público e gratuito.

Ilha Verao Ilha Comprida Verao

Ilha Verão 2019 na Arena de Eventos da Praia do Boqueirão Norte
O município de Ilha Comprida anunciou a programação musical do tradicional Ilha Verão, reconhecido como um dos mais diversificados e longos festivais de verão do litoral. Em sua vigésima edição, o Ilha Verão brindará a longa temporada 2019 com dezoito shows com entrada franca, na Arena de Eventos da Praia do Boqueirão Norte.

O prefeito Geraldino Júnior destacou que a programação musical do Ilha Verão foi preparada para atender as expectativas de diferentes públicos : ”Investimos na qualidade e na diversificação de estilos musicais ”. O Ilha Verão também é destaque no litoral por promover 100% da programação gratuita e ter nos quesitos segurança e organização seus pontos fortes.

Programação Ilha Verão 2019
De 03/01 a 09/03 – Shows às 23h

Janeiro 2019
:: Dia 03/01 – Banda Putz Grilla
:: Dia 04/01 – Maiara & Maraisa
:: Dia 05/01 – Iza
:: Dia 11/01 – Falamansa
:: Dia 12/01 – Marcos & Belutti
:: Dia 18/01 – Bicho de Pé
:: Dia 19/01 – Toni Garrido
:: Dia 25/01 – Vitor Kley
:: Dia 26/01 – Projota

Fevereiro 2019
:: Dia 01/02 – Ton Carfi
:: Dia 02/02 – Humberto & Ronaldo
:: Dia 08/02 – Ira
:: Dia 09/02 – Lucas Lucco
:: Dia 15/02 – Dilsinho
:: Dia 16/02 – Originais do Samba
:: Dia 22/02 – Banda Eva
:: Dia 23/02 – Teodoro & Sampaio

Março 2019
:: Dia 09/03 – Michel Teló

Ilha Comprida no litoral sul paulista
Originalmente chamada Ilha de Maratayama pelos nativos Tupis, que significa “lugar onde a terra encontra o mar” ou “terra do mar”. Este ponto de encontro entre terra e mar deu ao local, no litoral sul de São Paulo, uma paisagem impressionante ao longo de seus 70 km de longitude por 5 km de latitude, onde é possível encontrar até sete diferentes biomas que vão do mangue à restinga.

Se a oeste o mar aberto agrega os adeptos do surf, a leste corre um rio de águas calmas que atrai os pescadores. Há ainda lagos e terra decorada por orquídeas, jerivás, araçás, bromélias, samambaias, pitangueiras, entre outros, habitada por mamíferos, crustáceos, peixes, répteis e aves, centenas de espécies de aves nativas ou migratórias que encontram na Ilha Comprida um lugar ideal para o descanso, alimentação e procriação.

.