Réveillon 2019 em Rio Preto na Represa : shows e queima de fogos

Reveillon Fogos de Artificio Ano Novo Virada de Ano
Fogos de Artificio no Réveillon – Foto : Alexandre Macieira

Rio Preto Réveillon 2019

Réveillon 2019 na Represa em Rio Preto : shows e queima de fogos
Shows com JP & Gabriel e Seu Moço vão animar um público esperado de cerca de 30 mil pessoas

A Prefeitura de Rio Preto em São Paulo promove na segunda-feira (31.12.18), a partir das 21h, o tradicional Réveillon na Represa. A festa de virada do ano terá show com três horas de duração e duas atrações: a dupla JP & Gabriel e, Seu Moço, além do espetáculo pirotécnico de 15 minutos que neste ano, a exemplo do ano passado, terá apenas fogos de baixa sonoridade e multicoloridos. A expectativa é de que o evento que é gratuito e aberto a toda população, receba um público de 30 mil pessoas.

Programação Réveillon 2019 na Represa em Rio Preto
:: Data/Horário: 21h de 31 de dezembro de 2018 à 01h de 01 de janeiro de 2019
:: Local: Anfiteatro da Represa Nelson Castro
21h às 22h30– JP & Gabriel
22h30 às 23h59 – Seu Moço
23h59 – Contagem Regressiva
00h às 00h15 – Queima de Fogos
Após 00h15 – Dispersão do público

Shows
Os shows musicais acontecerão no anfiteatro Nelson Castro, às margens do lago I da Represa Municipal, em frente ao Complexo Swift. Para o evento do ano novo, o anfiteatro recebe um palco em formato de concha acústica e uma estrutura especial de luz e som que vai proporcionar maior qualidade de espetáculo visual e sonoro ao público.

A programação do Réveillon na Represa vai das 21h à 0h15 e será encerrada com a contagem regressiva e queima de fogos. O evento começa às 21h com o show de JP & Gabriel que terá 1h30 de duração, e será seguido pela apresentação de Seu Moço que tem início às 22h30 e segue até às 23h59, quando começa a contagem regressiva para o Ano Novo. Ambos artistas apresentarão um repertório eclético em seus shows. Da 00h às 00h15 está prevista a queima de fogos que será seguida da dispersão do público, logo ao término.

Queima de fogos
Como já ocorreu no ano passado, a Prefeitura de Rio Preto por meio da Secretaria de Cultura, respeitando os animais silvestres e domésticos que vivem na região da represa, bem como moradores, em especial, idosos e crianças, além de se atentar com a proximidade de hospitais existentes na região optou por produzir um espetáculo multicolorido de fogos de baixa sonoridade.

Expectativa de público
O anfiteatro da Represa tem capacidade para 1.500 pessoas sentadas (nos bancos) mas pode abrigar até 4 mil (entre em pé e acomodadas sentadas na arena). Essa área do anfiteatro receberá gradil para controle e segurança do público, sem tirar a visibilidade de quem fica em todo entorno da Represa. O público esperado para todo o entorno da Represa é de cerca de 30 mil pessoas.

Não serão permitidas garrafas, copos, taças e qualquer outro recipiente de vidro na área do anfiteatro da Represa que será cercado com gradil e terá revista com seguranças na entrada. Pode entrar com recipientes e bebidas de plástico ou latas.

Estrutura e seguranças
O evento contará com toda a infraestrutura e segurança para o público, com presença da Guarda Civil Municipal, Samu, Polícia Militar, brigadistas e seguranças particulares.

A segurança será feita por 100 homens, sendo 40 da Guarda Civil Municipal (GCM), 40 da Polícia Militar(PM), 22 seguranças particulares contratados e mais 10 brigadistas particulares contratados. A GCM e PM também farão ronda com veículos motorizados por toda a área.

Tanto o posto do Samu quanto dos Bombeiros ficarão ambos próximos, na área livre de acesso ao Anfiteatro, área em que também estarão os sanitários químicos. A infraestrutura de higiene conta com 28 sanitários químicos entre masculino, feminino e com acessibilidade. A fachada da Swift também ganhou uma iluminação especial para compor o cenário.

Trânsito e interdições
Durante o Réveillon na Represa, haverá interdições para trânsito de veículos e pessoas na alça de acesso do viaduto Luiz de Abreu Sodré (Avenida Alberto Andaló) sentido Centro-Represa e também na alça de acesso que liga o final da avenida Philadelpho Gouveia Netto com o início da Avenida Duque de Caixas, também sentido único Centro-Represa (e que passa por baixo do viaduto Luiz de Abreu Sodré), a partir do prédio da Biblioteca Municipal. Essa área entre o viaduto Luiz Abreu Sodré e o início do Complexo da Swift ficará isolada, pois será a praça de montagem da estrutura dos fogos de artifício.

Outro ponto de interdição para isolar não só o trânsito de veículos mas também limitar a área de acesso do público por questões de segurança, será na Avenida Duque de Caxias sentido Centro-Represa a partir da esquina com o Clube do Lago (Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais) até o trevo da avenida Duque de Caxias com a alça da Murchid Homsi (em frente ao Teatro Paulo Moura/Swift). As interdições ocorrem das 20h do dia 31 de dezembro até a 1h do dia 1º de janeiro.

Poderá haver interdição, momentos antes da queima de fogos, dependendo da quantidade de público presente, também das alças de acesso da Avenida Murchid Homsi sentido Bairro-Represa e da Avenida Lino Seixas sentido Avenida Murchid Homsi. Essa interdição também se estenderá até a 1h, caso seja necessária. Para chegada e dispersão a Lino Seixas e Murchid Homsi estarão liberadas para veículos.

Haverá possibilidade de estacionamento de veículos para o público no estacionamento da Swift até as 21h30. Após esse horário ou até a lotação, o público poderá estacionar nos bolsões nas alças da avenida Duque de Caxias.

Ônibus extra
Todas as linhas do transporte coletivo de Rio Preto terão uma partida extra na noite da virada. Isso porque as últimas linhas de rotina (que deixam o terminal central por volta das 0h) voltarão para o Terminal Urbano e aguardarão os passageiros até as 0h50 do dia 1º de janeiro, quando partem para seus destinos. Após esse horário, estarão à disposição apenas as quatro linhas noturnas regionais – que tem um itinerário mais amplo.

.